Recuperação de cartas por caducidade ( Exame especial de condução).
Se o condutor deixar passar o prazo de revalidação, corre o risco de pagar uma coima com a carta caducada.
No caso do condutor não efectuar a revalidação da carta dentro do prazo de dois anos após o seu termo de válidade, terá que realizar um exame especial de condução.
Este exame consiste numa prova prática de condução, que pode ser realizada nos Centros de Exame do IMTT ou, a partir de 1 de Agosto de 2011 em Centros de Exames Privados, em regime de autopropositura (é o cundutor que apresenta o pedido de exame junto dos serviços do IMTT ou perante um Centro Privado).
Em qualquer dos casos, os serviços do IMTT, I.P. emitem uma guia válida pelo período de seis meses, permitindo ao condutor exercer a condução enquanto aguarda a realização do seu exame.
O candidato que reprove no exame especial de condução pode requerer, por uma única vez a sua repetição, junto do IMTT, no prazo máximo de 30 dias utéis a contar da data da reprovação.
Caso o candidato reprove no segundo exame especial, deve requerer novo exame de condução, mas já mediante a formação e proposta realizada através de uma Escola de Condução.
A Escola de Condução COLABORA COM O CONDUTOR na preparação dos processos de pedido de exame e preparação para a prova que o condutor terá que realizar.